Ativista chinês revela como foi a fuga espetacular

Ativista chinês revela como foi a fuga espetacular

O ativista chinês que fugiu de sua prisão domiciliar e pediu refúgio na embaixada americana onde recebeu apoio e agora poderá ir para os Estados Unidos. Em entrevista com a BBC, ChenGuangcheng revelou como foi a fuga.

Chen Guangcheng está agora em um hospital em Pequim com três ossos quebrados devido ao processo de fuga de sua própria casa. Guangcheng teve que pular oito muros para sair da prisão domiciliar, deixando o vilarejo depois de 20 horas.
“No quinto muro, eu machuquei meu pé, então depois disso eu não conseguia caminhar direito, e tive que rastejar pelo resto do caminho. Eu rastejei por alguns quilômetros, até ser recebido por um de meus amigos”, disse ele à BBC.
Chen se refugiou na embaixa americana e passou lá seis dias até obter acordo com o governo chinês para sua proteção. Sua visita despertou uma crise diplomática entre os Estados Unidos e a China e lhe foi garantido proteção e permissão para sair do país. Chen optou por deixar o país com a “desculpa” de estudar fora.
Na semana passada, depois de deixar a embaixada, ele foi tratar de seus ferimentos no hospital. Lá, ele recebeu a visita de funcionários do governo que afirmaram que já iniciaram o procedimento para a obtenção do passaporte.
Além disso, Chen recebeu também a promessa do governo de investigar as agressões físicas que ele e sua família sofreram, desde 2005, quando ele denunciou abortos forçados em massa na província de Shandong.
“Depois de ele ter tomado nota da minha declaração, disse-me que iriam lançar uma investigação, desde que comprovassem a existência de factos. Se tiverem provas de ilegalidades, então vão tratar esta questão de forma clara e aberta”, disse Chen à Associated Press.
A mulher de Chen e seus dois filhos estão também no hospital à espera de autorização para saírem do país. Chen já recebeu uma oferta de bolsa de estudo nos EUA.
Apesar dessa vitória, o ativista cego continua a temer pela segurança do restante de seus familiares, que ainda vivem em Shandong.



Leave a Reply

Copyright © 2012 Igreja do Evangelho Quadrangular – Desenvolvido por Estudio Noah